Como perder peso naturalmente: o papel da proteína.

Photo by Pixabay on Pexels.com

Actualmente, existe muita informação na Internet sobre “como perder peso”. Mas, na verdade, muita da informação é questionável até porque não existe consenso profissional sobre as melhores e mais saudáveis formas de perder peso. Poderá a dieta 5:2 ou outras formas de jejum intermitente ajudar realmente a perder peso de forma saudável? E deverás realmente perder peso através de uma dieta de emagrecimento intensivo?

COMO EMAGRECER
Não há nenhum truque ou solução rápida para perder peso ! Em última análise, a perda de peso resume-se a um princípio básico: queimar mais calorias do que as que consomes. Os nossos corpos utilizam calorias para obter energia. Esta energia é utilizada pelo corpo e o excesso é essencialmente armazenado como gordura. Por conseguinte, ao consumirmos mais calorias do que realmente precisamos, ganhamos peso. O inverso também é verdade. Um défice calórico, em que queimamos mais calorias do que comemos, leva-nos a perder peso. Este défice pode ser alcançado de duas maneiras: exercitando para queimar calorias em excesso ou consumindo menos calorias.

Reduzir o consumo calórico significa estarmos atentos e conscientes do que comemos. Pequenas alterações nos nossos hábitos de consumo podem fazer grandes diferenças no consumo calórico e comer menos pode também ajudar a criar um défice calórico. Mas comer menos pode também significar que o nosso corpo não recebe nutrientes suficientes e que podemos sentir fome rapidamente. Por isso, é importante estarmos atentos ao que comemos para reduzir o consumo de calorias sem prejudicar o nosso organismo, negando-lhe nutrientes, ou prejudicar a nossa sanidade, deixando-nos com fome!

PERDA DE PESO E PROTEÍNAS
Uma dieta rica em proteínas é uma boa forma de reduzir o consumo de calorias, maximizando ao mesmo tempo a saciedade e o metabolismo. Afecta as hormonas do nosso cérebro, que sinalizam sentimentos de plenitude e fome. Esta opção ajuda-nos a permanecer cheios por mais tempo e reduz os nossos desejos alimentares ao mesmo tempo que estimula o metabolismo para ajudar a queimar gordura e manter a massa muscular. Muitas vezes, a perda de peso leva a uma redução tanto das reservas de gordura como da massa muscular, o que pode ser perigoso e contraproducente, significando isto que quanto mais peso perdemos, menos calorias queimamos, uma vez que temos menos músculos para utilizar a energia. Já que a tua massa muscular é fundamental para queimar energia (falando estritamente da dieta para perda de peso…) a ideia subjacente é queimar a gordura e não perder massa muscular. Uma dieta rica em proteínas impede a perda de massa muscular e, portanto, salvaguarda o ritmo a que queimamos calorias. E o nosso corpo queima realmente calorias ao digerir proteínas. Assim, uma dieta rica em proteínas pode reduzir o consumo calórico em 80-100 por dia!

Vejamos então quais as proteínas mais indicadas para um programa de perda de peso.

Proteína de Soro de Leite
Este tipo de proteína é útil na construção de músculos magros e no aumento da queima de gordura. Pode ser aromatizada e, para além disso, tem baixo teor de hidratos de carbono e pouca gordura. Usada antes de uma refeição ou como um lanche, pode aumentar a sensação de plenitude e impedir-nos de comer em demasia. Como substituto de refeição, é nutritivo, conveniente e recheado e pode ser adicionado a smoothies, papas, ou apenas usado como batido.

Proteína de cânhamo
Esta proteína de origem vegetal é a fonte perfeita de proteína para os veganos. Também é isenta de lactose e glúten! Cheia de fibra e rica em Omega 3, a Proteína de Cânhamo ajuda-te a sentir mais chei@ durante mais tempo. Também ajuda a regular a glicose no sangue, o que ajuda a reduzir os desejos de açúcar. Pode ser usada em batidos ou em panquecas e bolos!

Proteína de ervilha
Outra mistura amiga dos veganos, esta proteína é rica em proteínas e baixa em hidratos de carbono. Ajuda a estabilizar a glicose no sangue, o que ajuda a manter os desejos pecaminosos à distância. Ao contrário das proteínas veganas à base de soja, a Proteina de Ervilha é rica em BCAAs que encorajam a construção de músculos magros. Mistura-se facilmente com água, tornando-se perfeita para batidos de proteínas.

Proteína de Arroz Castanho
Sem alergénios, esta proteína é vegan-friendly e sem lactose. Com um baixo teor de carboneto, reduz o armazenamento de gordura derivado dos picos de açúcar no sangue. Também contém peptídeos que não são encontrados noutras proteínas, o que aumenta ainda mais a perda de peso.

É importante lembrar que não há uma proteína em pó que seja melhor do que outra para a perda de peso. Mas o seu teor de hidratos de carbono e de gordura é importante, uma vez que isto irá afectar o consumo de calorias e de nutrientes.

As calorias em excesso serão sempre calorias em excesso
Uma dieta rica em proteínas pode ser termogénica e ajudar a queimar gordura, mas as calorias das proteínas continuam a ser calorias. Por isso, ainda devem ser contabilizadas quando se cria um regime de défice calórico. O consumo de proteínas deve portanto ser efectuado por substituição de de outro alimento ou conjunto de alimentos. Por exemplo, ingerir um batido de proteínas em vez de um lanche irá produzir o resultado adequado mas ingerir um batido de proteínas juntamente com um snack ou lanche mais ligeiro irá aumentar o consumo de calorias.

O que é importante é ter consciência do nosso objectivo: diminuir o consumo diário de calorias, de forma equilibrada, e sem privar o nosso organismo de todos os nutrientes de que necessita para funcionar correctamente.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s